COVID 19 - o que basicamente preciso saber.

 

O que é uma pandemia? Por que algo tão pequeno e incapaz de se reproduzir sozinho traz tanto medo? Por que o vírus desperta tanta curiosidade? O que sabemos sobre ele? E o tratamento... por que não existe ainda? Quando existirá uma vacina? Quarentena por que é tão importante fazer? Água e sabão eliminam o vírus? E os alérgicos, são mesmo um grupo de risco?

Bom, pelo visto temos muitas questões mas nenhuma certeza das respostas. O mundo foi pego de surpresa. Muitos nomes entraram para o vocabulário de todos de uma vez só: PANDEMIA, CORONA VÍRUS, COVID - 19, respirador, ventilação mecânica e quarentena. Isso assusta, mas tempos que manter o equilíbrio. Precisamos estar cientes de tudo que está acontecendo e processar tudo que estamos vendo. O que é perigoso nesse momento?

O perigoso nesse momento são informações erradas. Fugir de informações que não farão a diferença nessa luta. Fugir de pessoas que querem se aproveitar da situação "vendendo" fórmulas mágicas de proteção. 

Vimos no inicio do texto que temos muitas dúvidas e digo até que nesse momento crítico de situação agudizada da pandemia mais duvidas que certezas. Mas aqui de forma sucinta vamos tentar ver o que realmente vai ajudar.

Então vamos lá: 

O que é pandemia? É uma doença infecciosa amplamente disseminada. A amplitude do Corona é grande e quase todos os países do Globo foram ou estão sendo afetados. 

Por que algo tão pequeno e incapaz de se reproduzir sozinho traz tanto medo? Apesar dos vírus serem muito pequenos (medem menos de 0,2 micrômetros), eles são parasitas obrigatórios onde usam a célula do seu hospedeiro para se reproduzir. Tipicamente essas partículas tão temidas carregam uma pequena quantidade de ácido nucleico que pode ser DNA ou RNA. E as dúvidas surgem porque justamente ele é um vírus novo do gênero Corona. Os vírus mudam a estrutura celular do seu hospedeiro. Existem 7 tipos de corona mas esse, o SARS -Cov - 2 ainda é bastante desconhecido da ciência e a velocidade que ele apareceu ainda não houve tempo da ciência estudá-lo profundamente. Apesar dele ser pequeno, causa grande prejuízo. Ele pode ser contraído por partículas de saliva, mucosas nasais e oculares, urina e fezes contaminados.

Por que o vírus desperta tanta curiosidade? Pelo seu desconhecimento e pelo número de mortos que estão surgindo de vez.

O que sabemos dele? Ainda para que se determine cura e tratamento, quase nada.

Por que ainda não existe tratamento? Porque ainda há muito mais dúvidas que certezas. A ciência não teve tempo hábil de desenvolver estudos para responder as questões mais simples do vírus. 

Quando existirá vacina? Teremos no final de tudo isso, vários perfis de doentes que precisarão ser estudados para ver como resistiram. Mas por enquanto se trabalha com os dados que tem e promete-se uma vacina para daqui a 18 meses.

 

Quarentena por que é tão importante fazer? Pois é a quarentena que faz com que isolado o infectado não contamine mais pessoas e o que não estiver contaminado tenha menor possibilidade de desenvolver a doença em sua forma grave. É uma medida de proteção para evitar o gargalo de encher de vez as emergências. A doença pode se agravar em apenas 2 dias após aparecerem os primeiros sinais e sintomas.

 

Água e sabão eliminam o vírus? Sim. O vírus possui uma estrutura relativamente simples a base de lipídios que facilmente se desestruturam na presença de agentes detergentes como o sabão.

 

E os alérgicos, são mesmo um grupo de risco? Sim, são. Alérgicos vivem inflamados e por estarem comendo o que não pode, vivem igualmente desestabilizado. E esse é o grande problema do alérgico! Quando um alérgico a leite consome traços de leite, mesmo que não apresente sinais e sintomas visíveis, podem estar reagindo sem que você perceba. Esses tipo de paciente é aquele que como num passe de mágica, vai comprar ventilador. Portanto, mães de alérgicos a alimentos essa é a hora de não introduzir nada novo, de correr das dessensibilizações, do apego novamente ao controle rigoroso de traços e observar seu corpo como funciona e da comida da mamãe. O alérgico estabilizado ele pode até pegar a doença mas não vai agravar. Asmáticos também são grupo de risco, aliás todos os alérgicos que cursam com qualquer problema respiratório estarão dentro desse do grupo.

 

Agora vai uma afirmação minha: NÃO EXISTE FÓRMULA MÁGICA PARA A IMUNIDADE. Quem estiver prometendo isso está mentindo e subestimando o poder do vírus de agravar a qualquer momento. O que existe é uma alimentação equilibrada, com frutas, vegetais, leguminosas, cereais, carnes e ovos para quem pode. Se possível dentro da própria casa faça alguns exercícios para se manter ativo. Evite traços e alimentos novos na dieta do alérgico. Evite sobrecarregar seu coração com noticias que só nos traz aflição.

A partir de hoje estarei fazendo novos textos de acordo com o andamento da quarentena.

Deus abençoe a todos nós. 

Please reload

Meu amor pelo que faço

Há 12 anos trabalho no SUS e me dedico de corpo e alma ao que faço. A minha missão: Conseguir orientar da forma correta o maior número de pessoas com relação às alergias alimentares e seus riscos.

Cuidar de crianças alérgicas envolve muito conhecimento, paciência e amor e isso eu tenho de sobra.

Fazer um bebê alérgico continuar sendo amamentado é uma conquista de equipe. Chegar a  tão esperada CURA, depende da união de todos. 


Aqui na página o envolvimento é de TODA a família! Mamãe, papai, vovô, vovó, a tia... e todos sempre juntos numa mesma luta para ganhar a grande batalha.

     

 Lembrem-se sempre!

Juntos somos mais fortes!

 

Sejam bem vindos e vamos aprender a ser Feliz com FA!

Please reload

© 2015 por Feliz com FA - Uma jornada de amor. Designed By Rita de Cassia Paz. Desenvolvido por RP Produções, AP Makeup Artist e Lógica Filmes

  • RSS - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Feliz com FA

 

Sejam bem vindos! Aqui no Feliz com FA vocês vão encontrar vídeos, textos, material educativo e novidades sobre o mundo dos alérgicos a alimentos. Espero que gostem e compartilhem com parentes e amigos! Dessa forma entenderão melhor esse novo universo.

Inscrevam-se no canal, curtam a fanpage e fiquem ligados!

Siga