© 2015 por Feliz com FA - Uma jornada de amor. Designed By Rita de Cassia Paz. Desenvolvido por RP Produções, AP Makeup Artist e Lógica Filmes

  • RSS - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Feliz com FA

 

Sejam bem vindos! Aqui no Feliz com FA vocês vão encontrar vídeos, textos, material educativo e novidades sobre o mundo dos alérgicos a alimentos. Espero que gostem e compartilhem com parentes e amigos! Dessa forma entenderão melhor esse novo universo.

Inscrevam-se no canal, curtam a fanpage e fiquem ligados!

Siga

Dia Mundial da Conscientização do Autismo - Vamos abrir os cadeados com a chave da NUTRIÇÃO.

 

Se todos soubessem o que é viver enclausurado, com a boca tapada sem que você possa tirar as amarras... sem poder pedir socorro... todos entenderiam o AUTISMO. 

 

O AUTISTA para mim, não tem uma síndrome incapacitante, mas uma síndrome enclausurante causada por reações alérgicas no tecido nervoso que o enclausura dentro de si próprio. O alimento torna-se seu cadeado. Cadeado de suas relações com o mundo. 

 

Sempre digo que se Hipócrates vivesse nos nossos dias, sua célebre frase não mais seria: "que o seu alimento seja seu remédio e que seu remédio seja seu alimento", mas... visionário como era, tenho certeza que diria: “ Que o seu alimento seja seu remédio, desde quando você conheça o que seu código genético e seu sistema imunológico lhe permitem comer...”. E é justamente assim que penso!

 

Quando os estudos sobre nutrição e AUTISMO começaram em 1961, com os estudos de Asperger, já se associava doença celíaca e autismo.

Nessa busca, de lá para cá, muita coisa mudou e descobriu-se o que jamais se imaginava! Alimentos alergênicos são capazes de inflamar neurônios, são capazes de bloquear o curso correto das neurotransmissões cerebrais, modificando condução de informações ao cérebro. São papazes de definir o comportamento de um indivíduo.

 

Quando entendermos todos os mistérios que a NUTRIÇÃO pode responder, seremos realmente capazes de transformá-la no nosso remédio. Somos limitados com relação aos alimentos. Não conseguimos digerir e absorver corretamente TUDO que comemos. Temos conteúdo enzimático limitado!

 

O homem quando criou independência, "acha" que pode comer tudo! Mas se observarmos os bichos, cuja inteligência acreditam ser menor que a nossa, veremos que eles possuem seletividade alimentar e por intuição sabem o que faz mal ou bem para eles. 

 

Queremos literalmente dominar o mundo, aumentar a produção de alimentos, comer tudo que achamos que vai fazer o bem, porém desconhecemos a nossa capacidade individual de quebra alimentar. Desconhecemos o que o nosso código genético acha melhor para o nosso corpo. E desconhecemos até onde o fantástico nosso corpo é capaz de ir para mostrar o que está se processando de forma errada.

 

A NUTRIÇÃO hoje é parte fundamental do tratamento do paciente com AUTISMO. Buscar conhecer suas alergias alimentares é fundamental para abrir os cadeados da sua clausura. Obviamente que temos aqueles dentro do 1 a 2% que se tornaram autistas por erros inatos de produção enzimáticas, porém ao investigarmos... na verdade... a maioria é desenclausurante. Porém por se tratar de alimento ainda há muita resistência. As pessoas se recusam a retirar o que gosta. O grande problema é que muitas vezes aquilo que se gosta é o que causa dependência de informações erradas ao seu cérebro. Abra os olhos! Abra a mente!

 

Busque o tratamento correto para o seu filho. Busque a dieta individual!

Somos sim, todos DIFERENTES! Porque uma mesma dieta serviria para todos?

Quebre esses cadeados com a chave correta da NUTRIÇÃO.

Um beijo a todos e um bom domingo.

Agora vou para a Caminhada pelo AUTISMO na Av. Getúlio Vargas em Feira de Santana.

 

Please reload

Meu amor pelo que faço

Há 12 anos trabalho no SUS e me dedico de corpo e alma ao que faço. A minha missão: Conseguir orientar da forma correta o maior número de pessoas com relação às alergias alimentares e seus riscos.

Cuidar de crianças alérgicas envolve muito conhecimento, paciência e amor e isso eu tenho de sobra.

Fazer um bebê alérgico continuar sendo amamentado é uma conquista de equipe. Chegar a  tão esperada CURA, depende da união de todos. 


Aqui na página o envolvimento é de TODA a família! Mamãe, papai, vovô, vovó, a tia... e todos sempre juntos numa mesma luta para ganhar a grande batalha.

     

 Lembrem-se sempre!

Juntos somos mais fortes!

 

Sejam bem vindos e vamos aprender a ser Feliz com FA!

Please reload