© 2015 por Feliz com FA - Uma jornada de amor. Designed By Rita de Cassia Paz. Desenvolvido por RP Produções, AP Makeup Artist e Lógica Filmes

  • RSS - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Feliz com FA

 

Sejam bem vindos! Aqui no Feliz com FA vocês vão encontrar vídeos, textos, material educativo e novidades sobre o mundo dos alérgicos a alimentos. Espero que gostem e compartilhem com parentes e amigos! Dessa forma entenderão melhor esse novo universo.

Inscrevam-se no canal, curtam a fanpage e fiquem ligados!

Siga

Segurança Alimentar. Comer em restaurante para um alérgico é uma roleta russa. O prazer... não vale os riscos!

 

Ah comer em restaurante! Que sonho hein?

Huuummm!!!

Para muitos significa alívio da cozinha, para outros significa praticidade e para os alérgicos... ah para esses é uma verdadeira roleta russa.

Não é exagero quando digo que é uma roleta russa, sabia? Como nutricionista conheço bem os perigos que rondam uma cozinha de restaurante, não só pelo reaproveitamento de sobras de um dia para o outro, mas principalmente pelo controle de alérgenos ser humanamente IMPOSSÍVEL!

Segurança Alimentar é tudo na vida de um alérgico. Não vale o prazer de minutos, se estender por desestabilização durante dias! O perigo de se frequentar restaurantes primeiramente parte da dificuldade das pessoas entenderem diferenças básicas que para nós que vivemos essa realidade são muito claras, mas para a população em geral, a dificuldade é grande. Por exemplo: a diferença entre INTOLERÂNCIA e ALERGIA que todo mundo faz a maior confusão, muitos nem mesmo acreditam que alergia a alimentos exista, é difícil para muitos aceitar e entender que utensílios de madeira, plástico e panelas de teflon não podem ser usados em função dos resíduos (traços) que podem juntar e que sabão e água mesmo quente, não retiram resíduos de proteínas desses materiais citados! Muitas pessoas não fazem ideia de que podem acontecer contaminações por proteínas de um alimento para o outro e assim por diante. Se até profissionais de saúde, parentes, vizinhos e amigos que convivem ainda fazem confusão com tudo isso, imagina pessoas que trabalham em restaurante que não têm noção do que se passa no corpo de um alérgico e que muitas vezes também NUNCA ouviu falar em Alergia Alimentar. Quantas vezes já ouvimos frases assim: "Se o "alimento" existe para nutrir... não dá para imaginar que alguém seja alérgico a eles!", "Meus filhos sempre comeram e nunca tiveram NADA!", "A geração de hoje é muito doente!", "Só um pouquinho não faz mal!", "Nossa, tem que separar tudo é?", "Alérgico tolera traços".

O sonho de todo alérgico é poder comer na rua, mas será que esse sonho pode se tornar pesadelo? Eu te digo que facilmente PODE SIM!

Hoje, até Fast Foods dizem respeitar alérgicos, porém na prática não é isso que vemos. Há meses atrás estive em um fast food em Salvador onde perguntei sobre a tabela de alérgenos e a atendente me deu uma na hora. Porém, a mesma atendente que reconheceu a palavra "ALÉRGENOS" me informou que não sabia dizer nada sobre contaminação cruzada. Recentemente, há poucos dias estive com Amanda na mesma rede de Fast Food em outra loja perguntando se tinha TABELA de ALÉRGENOS e a funcionária nem soube dizer o que era e se tinha disponível. Parecia que eu estava falando alemão. Me senti dizendo "Hainech dezainech duvaithec" pois a cara de admiração e de desconhecimento que ela fez... parecia que eu estava falando assim e que ela não estava entendendo nada! É simplesmente desesperador!!! É frustrante!! E pior! É absurdamente desrespeitosa a situação. Como podemos acreditar então? Como podemos confiar? Se ao menos treinassem os funcionários de forma coesa, onde em toda a rede tivessem conhecimento do fato, vai lá! Isso eu digo para que pelo menos soubessem o que estamos pedindo! É cansativo viu? MUITOOOO! Pedi para ver o manual deles e pasmem! Constatei que eles não sabiam a diferença básica entre LACTOSE  e PROTEÍNAS DO LEITE... portanto... voltando a estaca ZERO! Até me ofereci para fazer a revisão do manual mas parece que eles não se interessaram.

Por isso sou defensora e agora MILITANTE da comida feita em casa. Da comida de verdade, onde você mesma controla os alérgenos. Comer seguro é tudo na vida de um alérgico e anos de estabilização podem ser estragados por segundos em um restaurante. 

Sempre digo que mãe de alérgico deve ir para cozinha e isso não é brincadeira! Podemos passar meses tentando estabilizar nossos filhos e o prazer de poucos minutos pode por tudo a perder. Será que vale o sacrifício?

Sou mais a minha cozinha. Sempre procuro adaptar tudo para que possamos comer. Procuro cursos para aprimorar minhas técnicas, para conhecer novas receitas e para tornar a vida dos meus muito mais segura.

Falando nisso, a partir desse mês o que não faltam são oportunidades para isso sabia?

Em Salvador, no dia 22 de outubro vai acontecer um curso da Samantta Santos que teve o seu PANETONE TRUFADO como o mais gostoso do Brasil e SEM GLÚTEN e SEM LÁCTEOS! Já imaginou comer um PANETONE SEGURO? Feito por você? Receber seus parentes para a ceia sem críticas? Todos comendo sem nem notar a diferença? Poxa, isso não tem preço!

Em Feira no dia 21 agora de outubro vai ter um curso rápido de massas frescas sem glúten e sem lácteos onde estarei ministrando também uma mini aula sobre controle e higienização dos utensílios para comidas especiais. 

Em novembro em Salvador também, no dia 05, no bairro de Itapoã, a Chef Cristina Assis estará conosco ensinado mais delícias!

E pensa que só aqui está tendo cursos assim? Não! O que não faltam são oportunidades por todo o país. A Samantta e a Cristina Assis dão cursos pelo país inteiro e agora vamos recebê-las aqui em Salvador. Pense nisso! Aprenda você mesma a fazer suas guloseimas com segurança. Dá para comer de tudo adaptado às suas necessidades, é só aprender a técnica correta, as misturas ideais de farinhas, como fazer para substituir o puxadinho que o glúten dá na massa e tantas outras técnicas que fazem verdadeiros milagres na cozinha. Qualidade de vida é tudo que nós alérgicos precisamos. Não é difícil! Mas precisa sair da "VONTADE DE APRENDER" e ir para a COZINHA!

E verdadeiramente, vocês podem até achar exagero mas, acho bem melhor perder tempo na cozinha que perder tempo numa emergência.

 

 

 

Please reload

Meu amor pelo que faço

Há 12 anos trabalho no SUS e me dedico de corpo e alma ao que faço. A minha missão: Conseguir orientar da forma correta o maior número de pessoas com relação às alergias alimentares e seus riscos.

Cuidar de crianças alérgicas envolve muito conhecimento, paciência e amor e isso eu tenho de sobra.

Fazer um bebê alérgico continuar sendo amamentado é uma conquista de equipe. Chegar a  tão esperada CURA, depende da união de todos. 


Aqui na página o envolvimento é de TODA a família! Mamãe, papai, vovô, vovó, a tia... e todos sempre juntos numa mesma luta para ganhar a grande batalha.

     

 Lembrem-se sempre!

Juntos somos mais fortes!

 

Sejam bem vindos e vamos aprender a ser Feliz com FA!

Please reload