© 2015 por Feliz com FA - Uma jornada de amor. Designed By Rita de Cassia Paz. Desenvolvido por RP Produções, AP Makeup Artist e Lógica Filmes

  • RSS - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Feliz com FA

 

Sejam bem vindos! Aqui no Feliz com FA vocês vão encontrar vídeos, textos, material educativo e novidades sobre o mundo dos alérgicos a alimentos. Espero que gostem e compartilhem com parentes e amigos! Dessa forma entenderão melhor esse novo universo.

Inscrevam-se no canal, curtam a fanpage e fiquem ligados!

Siga

Recebendo o Diagnóstico - o inicio da jornada.

 

Não é fácil!

Para muitas mães, receber um diagnóstico de que seu filho tem alergia alimentar é o fim do mundo, precisam se acostumar com a idéia da vigilância e cuidados que esse diagnóstico requer.

Ainda enquanto lactentes (crianças menores de 2 anos), precisam do leite como fonte de alimentos e devemos no LEITE MATERNO pautar essa oferta. Mesmo com alergias alimentares, não se tem indicação de suspensão do Leite Materno, apenas a mãe deverá ter cuidado com a ingestão de alimentos alérgenos na sua dieta.

Alergia é coisa séria e crianças mais sensíveis por vezes precisam até fazer isolamento de utensílos para que não apresente reação. A vida da mãe de um alérgico modifica muito e ela agora deverá ficar vigilante com tudo. Até cométicos a base dos alimentos alérgenos não são bem vindos. A mãe também deverá aprender a ler rótulagem dos alimentos pois a indústria muitas vezes coloca termos que não dão idéa direta de LEITE.

Porém, sabemos que as crianças, ao contrário do que as pessoas pensam, não necessitam do leite e de nenhum alimento específico para o restanto da vida. Os alimentos que a criança reação podem ser substituidos por outros de igual valor nutricional desde que isso seja bem orientado. 

Aos 2 anos, os seres humanos já estão prontos para adquirirem qualquer nutriente sem necessariamente precisar que isso venha por exemplo, do LEITE.

O tratamento para alergias alimentares requer entendimento do problema, disciplina e paciência.

Mas, a boa notícia é que o prognóstico para essas alergias é bem favorável e por volta dos 3 a 4 anos, as crianças garantes estabilidade e podem aumentar a sua oferta de alimentos.

 

Essas são Maria Fernanda e Letícia pacientes que hoje estão classificadas como CURADAS. Essas lindas menininhas tiveram duas mães maravilhosas e dedicadas que com paciência entenderam o problema e o encararam de frente. Parabéns Lilian Falcão e Karla Fernanda. Vocês são mães exemplo!

Please reload

Meu amor pelo que faço

Há 12 anos trabalho no SUS e me dedico de corpo e alma ao que faço. A minha missão: Conseguir orientar da forma correta o maior número de pessoas com relação às alergias alimentares e seus riscos.

Cuidar de crianças alérgicas envolve muito conhecimento, paciência e amor e isso eu tenho de sobra.

Fazer um bebê alérgico continuar sendo amamentado é uma conquista de equipe. Chegar a  tão esperada CURA, depende da união de todos. 


Aqui na página o envolvimento é de TODA a família! Mamãe, papai, vovô, vovó, a tia... e todos sempre juntos numa mesma luta para ganhar a grande batalha.

     

 Lembrem-se sempre!

Juntos somos mais fortes!

 

Sejam bem vindos e vamos aprender a ser Feliz com FA!

Please reload